PORCOS SELVAGENS

De retorno à visita ao blog de meu filho Paulo intitulado Viajar é Preciso, em seu artigo Mi Buenos Ayres Querida num momento em que descreve o quase mito Evita Perón e o populismo que ela ajudou o marido a contaminar a nuestros amigos porteños, coincidentemente deparei no meu email, com um desses arquivos de apresentação (PPS) que recebemos em aluvião desvairado.

Coincidências não existem e nada é por acaso, dizem, daí eu decidi em desavergonhado plágio, extrair a parte literal do arquivo e adicioná-lo a esta minha crônica. Uma providencial solução uma vez que o zero grau negativo de Curitiba tem impressionante capacidade de embotar minha já limitada capacidade de inspiração.

 

Trata-se da descrição  feita por um jovem ao seu professor, justificando-se de um ferimento obtido, no seu país,  em embate numa luta intestina contra o comunismo e o populismo. Versa sobre o tema “como capturar porcos selvagens”. Aí vai:

Você captura porcos selvagens encontrando um lugar adequado na floresta e colocando algum milho no chão.

Os porcos vêm todo dia comer o milho gratuito.

Quando eles se acostumam  a vir todos os dias, você coloca uma cerca. Mas só de um lado do lugar onde eles se acostumaram a vir.

Quando eles se acostumam com  a cerca, eles voltam para comer o milho e você coloca o outro lado da cerca.

Mais uma vez eles se acostumam e voltam para comer.

Você continua assim, até colocar os quatro lados da cerca em volta deles, com uma porta no último lado.

Os porcos, que já se acostumaram  ao milho fácil e às cercas, continuam  a  vir .

Você, então, fecha a porteira e captura o grupo todo. E assim, em um segundo, os porcos perdem sua liberdade.

O jovem, então, disse ao professor que era isso o que ele via acontecer em seu país.

O governo ficava empurrando o povo para o comunismo e o socialismo e espalhando o milho gratuito, na forma de

  propagandas de auxílio de renda,

  bolsas isso e aquilo,

  impostos variados,

  estatutos de proteção,

  cotas para estes e aqueles,

  subsídio para todo tipo de coisa,

  programas de bem-estar social,

  medicina e medicamentos gratuitos.

Devemos nos lembrar que NÃO EXISTE ESSE NEGÓCIO DE ALMOÇO GRÁTIS e, também, que NÃO É POSSÍVEL ALGUÉM PRESTAR UM SERVIÇO MAIS BARATO DO QUE SERIA SE VOCÊ MESMO O FIZESSE.

 

Finalmente, se você percebe que toda essa maravilhosa “ajuda” governamental se opõe ao futuro da democracia em nosso país, você vai mandar esta mensagem para seus amigos.

Mas se você acha que políticos e ongueiros pedem mais poder para as classes deles tirarem liberdade e dinheiro dos outros para beneficiar “você” ou os “pobres”, então você, provavelmente, vai deletar este email.

E que Deus o ajude quando trancarem a porteira

O milho já está sendo colocado faz tempo;

as cercas estão sendo colocadas aos poucos;

imperceptivelmente.

E quando menos se espera.. PRONTO!

TRANCAM  A PORTEIRA!

—===///===—

Tentem me perdoar, é que tenho a impressão que meus dois filhos parecem haver buscado seu alimento da maneira mais difícil, dentro da floresta inóspita e isto me traz indisfarçável orgulho de crer que ambos ainda são…

PORCOS SELVAGENS

 

 

Esse post foi publicado em CRÕNICAS DE UM IDOSO, Crônicas de um 71. Bookmark o link permanente.

3 respostas para PORCOS SELVAGENS

  1. Pedro disse:

    Assino embaixo, acrescentando a célebre frase "Se voce trilha o caminho aonde a maioria segue, voce já saberá seu destino" (por pior ou melhor que ele seja).. agora chamar os filhos de porcos!!! Peraí.. faz tempo que não solto um arroto como nos bons tempos da juventude!!!

  2. rosangela disse:

    concordo com as críticas com rel~ção oas falsos beneficios sempre falei enquanto assistente social que isto não passam de esmolas mantenedoras de sujeitos subalternos. bjs

  3. Pingback: O POVO UNIDO … | Espaço de Jurandyr

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s