SER VOLUNTÁRIO…

30 DE JULHO DE 2011

Hilber, coordenador da ação de movimentos voluntários aqui  no Lar dos Idosos (meu lar), pediu que eu pensasse em alguma coisa para possivelmente ser inclusa em um trabalho institucional sob o tema  “SER VOLUNTÁRIO”  a ser desenvolvido por pessoa(s) que sabe(m) tudo sobre isto.

Ardilosamente me transferi para outro foco. Decidi viajar no valor  do exercício como saudável  prática da gente em geral:

  •  na academia  (ou mesmo em casa) praticamos  exercícios para alongar, fortalecer e modelar músculos dos membros, tórax, abdômen e, até  do valorizadíssimo “bum bum”;

  •  nas bibliotecas, estabelecimentos de ensino e programas culturais (ou mesmo em casa), praticamos exercícios para alongar, fortalecer e  modelar a mente ;

  •  nos templos e movimentos religiosos (ou mesmo em casa) praticamos através de preces, orações ou pura meditação, exercícios para  alongar, fortalecer e modelar a Fé, considerando que ela nos permitirá  encontrar e aceitar as razões pelo curso e desvios a nós imputados pelo  Criador; e

  • no voluntariado (mais apropriadamente fora de casa), fazendo exercícios de doação de  habilidades artesanais, profissionais, comunicativas ou simplesmente da capacidade de ouvir ou “sentar perto” de indivíduos que momentânea ou definitivamente  vivem distantes do chamado “convívio social  urbano ou mundano”, certamente  a gente terá alongada, fortalecida e  modelada sua AUTOESTIMA.

Vou dar alguns exemplos que tenho podido observar nestes  quase três anos (os completarei no próximo 22 de setembro), aqui no Recanto  Tarumã. Costureiras vêm aqui semanalmente pregar botões e ajustar nosso  vestuário e, ao entregar-nos o serviço concluído, dizem “deus os abençoe”,  responsabilizando-nos assim pela graça de ter-nos ouvido e servido.

Não é  diferente com grupos de ouvintes e contadores de estórias;  grupos outros como os aplicadores ou canalizadores de Energia Vital do Universo; contamos ainda  com o Norberto, músico que duas vezes por  semana, nos traz deliciosos acordes e solos de acordeon e saxofone e, também,  jovens e maduros que vêm incentivar e  partilhar conosco jogos e divertimentos.

Membros de facções religiosas, as mais diversas; corais e  bandas musicais; elementos de corporações militares; universitários; empresas  de grande porte que   mantêm setores sociais, se revezam e vêm dar o “ar da  graça” e, sempre, no final, não conseguem disfarçar a alegria de,  por algumas horas,  terem feito a diferença para nós os  moradores.

Agora, para obter AUTOESTIMA alongada,  fortalecida e modelada, por SER VOLUNTÁRIO,  existem regras a serem observadas.  Da abertura do Livro do Novo Testamento, na transcrição feita por Mateus no  capítulo seis, extraí estas pérolas que substanciam as regras que acabei de  mencionar:

Guardai-vos de fazer a vossa  esmola diante dos homens, para serdes vistos por eles; aliás, não tereis  galardão junto de vosso Pai, que está nos céus.Quando, pois, deres esmola, não  faças tocar trombeta diante de ti, como fazem os hipócritas nas sinagogas e nas  ruas, para serem glorificados pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão. Mas, quando tu deres esmola, não saiba a tua mão  esquerda o que faz a tua direita”

Pois é,  tenho certeza que entenderam o espírito da  coisa. No trecho acima podemos trocar a palavra esmola por “doação violuntária” e então, independente da opinião ou julgamento de qualquer outra pessoa,  levaremos para o nosso travesseiro, à noite, a leveza e a tranquilidade que  somente a nós importa e faz sentido.

depositphotos_10961902-stock-photo-volunteer-group-hands-togetherEntão amigo leitor ou ouvinte. Se  atracado ao pacote de bolachas ou fatia de Pizza, à frente da televisão, sendo  testemunha ocular de um sem número de tragédias, desmandos e algumas gaiatices,  tiveres a sensação de não ter outra coisa a fazer, sugiro que venhas fazer outra coisa em um lar de idosos, hospital, orfanato, casa de apoio, abrigo ou acampamento  de flagelados por alguma enchente ou desastre coletivo. Uma vez por  semana, por quinzena, por mês, sei lá.

Venha…

SER VOLUNTÁRIO.

Esse post foi publicado em CRÕNICAS DE UM IDOSO. Bookmark o link permanente.

13 respostas para SER VOLUNTÁRIO…

  1. Pedro Monçores disse:

    Muito bem dito!!

  2. Paulo Moncores disse:

    Fico pensando nisso todo dia. Todo dia. Mas pensar e fazer sao duas coisas diferentes. Ainda mais em um pais que tem e dá tudo. A vida é demasiadamente conveniente aqui. Vou acabar morrendo frito na panela porque apenas DECIDI pular fora dela.

    • Dificilmente morrerás frito em qualquer panela, simplesmente porque tens a mente revestida do amianto fornecido pelo Criador para os realmente bem intencionados. Tornaste-te, assim como teu irmão, um voluntário especial no cuidado com espôsa e filhos(as).

  3. Eros Nicz disse:

    Sr. Jurandyr,
    hoje li: SER VOLUNTÁRIO e O CAMINHO… , continuarei lendo os outros artigos.
    Realmente suas palavras incentivam aqueles que têm a vontade, mas lhes faltam a coragem de ter a atitude em ajudar o próximo, mas não imaginam que na realidade os maiores ajudados seram eles próprios. Admiro muito suas atitudes para com seus companheiros, tendo a paciência de ensiná-los a jogar sinuca, dominó, baralho e sempre pensando, no que poderá auxiliá-los. O senhor não imagina como me faz bem ser voluntário, é muito gratificante, e fico esperando que chegue terça feira, para ir passar a tarde com vocês.
    Parabéns, e agradeço a DEUS, por ter colocado vocês em meu caminho.
    Um forte abraço
    Eros

    • Seja bem vindo Eros, ao nosso Recanto e ao voluntariado! Acredito que estarás dando aos teus filhos o exemplo que necessitam para se esquivar dos maus hábitos que andam grassando em nossa ssociedade.

  4. Cinthia disse:

    Olá Sr. Jurandir! É uma honra poder estar aqui em seu blog. Li alguns posts e mais uma vez me encantei com tanta sabedoria. Hoje ao estar com todos vcs, percebi o quanto somos tão pequenininhos diante de tantas pessoas presentes neste lar. Cada uma com seu valor, com sua história de vida e assim, cativando cada pessoa que passa neste lugar. Parabéns pelo blog, de agora em diante me tornarei uma leitora fiel. Obrigada pela manhã maravilhosa…..e… até mais!!!

    • Hoje, na tua visita me proporcionaste, além de outras, dua principais alegrias:
      Primeira: a de ter-te conhecido e percebido que, além da beleza exterior, portas uma magnífica interior.
      Segunda: a de contar com mais uma enfermeira para cuidar de pessoas como nós.
      Como te disse: “quem vive para servir, definitivamente, serve para viver”
      Abraço.

  5. Seu juraaaa, você é um fofo do lar, sou Débora uma das academicas de enfermagem que tive o prazer de te conhecer. Ser voluntário com toda certeza é um ato lindo e prestativo que todos deveriam pelo menos por uma vez experimentar!

  6. Cinthia disse:

    Oi Sr. Jura!!! Como vai? Hoje tive mais um dia especial ao lado de todos vcs. Jogar dominó com os craques foi um barato, e digo mais, ver a alegria estampada no rosto do Seu João, Seu Mauro, dos outros integrantes aí presentes…e…. especialmente do Sr. (seu Jura) foi uma satisfação. Me da uma tremenda vontade de passar o dia todo com vcs. Como é bom estar presente neste lar. Apesar de ser apenas dois dias, posso dizer-te que foram uns dos dia mais sensacionais de minha vida. Quero e vou continuar frequentando e partilhando esta vibração positiva tão existente. Gostaria muito que o Sr. me escrevesse sempre, contando como estarão todos. E já abusando um pouquinho mais do Sr. (hehe), gostaria que dissesse ao Sr. Pedro (famoso leitor de revistas) que amei conhecer o seu jeitinho tão amoroso. Já sinto saudades! E mais uma vez, obrigada por tudo!
    Um abraço bem apertado! hehe.

  7. Que saudades de perder na sinuca pra você Seu Jura! =D

  8. Republicou isso em Espaço de Jurandyre comentado:

    Quinta-feira, 30 de julho de 2020. Se você já pensou em ser voluntário em alguma causa, releia esta minha crônica de onze anos atrás.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s