1979 e 1980…

Nos anos de 1979 e 1980

… que idades e onde se encontravam os leitores com mais de 40 anos, atuais?…  E os leitores mais jovens, bem como seus pais, tios e avós?… Quantos e quais infortúnios e realizações sucederam a cada um, nesses 32 e 33 anos decorridos até hoje?…  De quantas mudanças  climáticas,  políticas, culturais, sociais e tecnológicas  foram testemunhas?…..  De que forma tais  episódios alteraram suas vidas?

Pois é, lembro que meus dois filhos, em 1979 e 1980, reinavam em festinhas de comemoração  de seus 10, 11 e 12 anos vividos, na companhia de seus amiguinhos vizinhos da rua Mar de Espanha  –  Lins Vasconcellos – Rio de Janeiro. Tomavam guaraná e coca-cola ao lado de mini cachorros quente e quadradinhos  de pizza cuidadosamente preparados e  elaborados pela mãe deles, excelente anfitriã . Adultos não participavam. O aparelho de som  (um três em um da Phillips)  tirava dos discos de vinil – Longplay  – sons do Queen, The Mamas & the Papas, Roupa Nova, Gil, Caetano , Gal, Betânia e, claro, Roberto e Erasmo Carlos, para alegrar a festa. Durante esses 32 e 33 anos os dois, assim como eu  e a mãe, experimentamos um rosário de mudanças, parte delas já reveladas no post  HÁ 25 ANOS. Quem nos conhece sabe que atualmente estamos vivendo muito bem, agradecidos.

Mas, que diacho pode ter me levado a lembrar destas datas para título e tema da  publicação? Será que o autor pirou de vez?  Devem estar se perguntando os meus prezados leitores. Não, o motivo se concentra aqui, no Lar dos Idosos – Recanto Tarumã, mais precisamente,  focado em dois moradores  meus companheiros diletos.

Em 03/09/1979 chegou ao Recanto,  Mauro Feliciano, nascido em 1953 e, nove meses depois, mais precisamente no dia 27/06/1980, quem chegava era o João Paulino Costa, nascido em 1946. Naquela ocasião a instituição era administrada pelas Irmãs Passionistas que recebiam aqui,  por aquela ocasião, não só idosos como também outros indivíduos com alto grau de necessidade de amparo. Mauro então com 26 anos e João com 34 portavam, como até hoje, extremas limitações  motoras por conta da hipertonia muscular  que  lhes tolhe o uso dos movimentos dos membros inferiores e braço direito e limita consideravelmente as ações do braço e mão esquerda.

Coincidência ou não (não consigo crer em coincidências…) os dois vêm interagindo e compartilhando  tais limitações de maneira serena, humilde e corajosa durante  todos esses 32 anos. Tornaram-se e ainda são exemplos de aceitação ao presente da vida, oferecida a eles pelo Criador, embora e sobre tudo,  revestida por estes incômodos e aparentes “erros de fabricação”  (perdoem-me por esta metáfora de humor duvidoso).

Enquanto eu, meus filhos e o pessoal referido nos primeiros parágrafos, cultivava mudanças em suas vidas mundanas, a dupla observava trocas de funcionários assistenciais e gestões  na instituição, como  a  passagem da administração,  em 1990, das Irmãs Passionistas para a Sociedade Socorro aos Necessitados, esta última constituída por diretores e conselheiros , todos  respeitáveis e conceituados membros da sociedade curitibana e que voluntariamente e sem qualquer remuneração,  têm feito valer para a Casa o título e status de instituição modelo.

Muito mais coisas os dois amigos viram acontecer ao seu redor, sempre dentro desses muros, cômodos e corredores, com destaque para as perdas de companheiros. Seguinte: Por se tratar de idosos , a maioria sendo abrigada por sérios motivos de saúde, o Recanto contabiliza uma média de 10 óbitos por ano. Se considerarmos  as três décadas que estão sendo relatadas nesta publicação, Mauro e João tomaram conhecimento da perda de várias centenas de colegas e amigos.

Agora vamos falar de amenidades. Nós três, diariamente há mais de três anos ,após o almoço, praticamos partidas empolgantes  de dominó sempre revestidas de risos,  piadas e bastante cumplicidade. O problema para mim é que os dois compensam suas limitações motoras com uma brilhante exibição de mente ativa, perspicaz e… sacana. As vezes eu até ganho uma ou outra partida mas, no geral, é ferro que eu levo ora de um ora de outro.

Cadeiras de rodas… Com as limitações que portam é fácil deduzir que cadeiras de rodas são parte do seu cotidiano desde que aqui chegaram, por isso muitas e diversas já foram usadas, consertadas e  substituídas. Nunca faltam cadeiras, várias das pessoas e entidades que nos assistem  benemeritamente,  renovam periodicamente nossa “frota”. Cerca  de um terço dos 107 moradores, cadeirantes, transitam com elas pelos corredores ou estacionam nos pátios para a colheita do sol.

Mas, ao ver a operação complicada e restrita de movimentá-las, por parte de meus dois  amigos, cresceu em mim – e sei que também dentro do quadro de terapeutas e assistência social da casa – um desejo de prover a ambos de cadeiras automóveis,  comandadas por  “Joy stick”  atrelado no braço  esquerdo do véiculo.  Até mesmo  pesquisei na Internet em busca dos  objetos do meu desejo, mas, estão longe de minhas posses!

No entanto, se algum leitor conhecer alguém que possa e venha a querer  abraçar esta idéia, este sonho, acredito que se entrar em contato com o Serviço Social daqui do Recanto, pelo telefone (41)3083-4900, poderá obter informações mais detalhadas. Poderão confirmar esta verdadeira saga  de Maurinho e João Paulino, moradores  deste Lar desde…

1979 e 1980

Esse post foi publicado em CRÕNICAS DE UM IDOSO. Bookmark o link permanente.

4 respostas para 1979 e 1980…

  1. Pedro Monçores disse:

    Ação social e fraternal… parabéns pela iniciativa pai!!!! O vídeo ilustrou bem. Falow.

  2. Pri disse:

    Parabéns Seu Jura, uma gota no oceano, é isso que somos, mas se não houver iniciativa, nunca saíremos do lugar. As pessoas tem uma vontade tamanha de não ter mais vontades.
    Te admiro…

  3. Bah disse:

    Seu Jura, concordo plenamente com a Pri,
    Parabéns pelo Blog . por toda esta força!!!

  4. Cleonice Pereira Dos Santos disse:

    Tenha meu respeito seu Jura, Parabéns pela atitude é um Anjo quiando outros Anjos, DEUS lhe de saúde e pessoas que possam te ajudar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s