VIDA DE GADO…

Este domingo (10 de marco de 2013) encerrou uma semana em que a mídia noticiou dois fatos que me chamaram a atenção:

Um mostrava u’a multidão de seguidores, naquilo que jornalistas denominaram “histeria coletiva”, em uma recepção de ídolo para o ditador norte-coreano. Kim Jong-Um que havia acabado  de anunciar a anulação da  trégua que há 60 anos interrompeu a guerra com a Coreia do Sul. A decisão foi anunciada horas depois de as Nações Unidas terem aprovado novas medidas contra o regime comunista, e pôs a Ásia em alerta nuclear

Outro colocou o mundo a frente das intensas manifestações de luto do povo venezuelano pela anuncio da morte de seu líder e presidente Hugo Chaves.  O estadista que, desde que começou na presidência da república, se autodenominou bolivariano –  seguidor  do  bolivarianismo  uma ideologia radical de esquerda que se baseia nas idéias do militar e político Simón Bolívar. Em seu uso contemporâneo, geralmente faz referência, entre outros aspectos, a sua concepção de justiça social.

Ai, assistindo na TV um programa dominical que revela e desvenda as atracões curtidas pela massa urbana carioca, sou Informado de que a apresentação no Youtube de um novo ritmo tipo funk o leque leque leque, contabilizou cerca de duzentos e cinquenta mil acessos, o que me transporta aos atendimentos ao apelo feito aos fieis espectadores de um reality show que compareceram com cerca de 20 milhões de ligações determinando quem sairia da casa através do paredão.

De posse de todas essas informacoes, so me restava convocar Ze Ramalho para tirar minhas duvidas acerca do sentido da denuncia social na musica “Admiravel Gado Novo” sobre os mecanismos da alienacao.

O povo foge da ignorância,
Apesar de viver tão perto dela,
E sonham com melhores tempos idos,<br Contemplam essa vida numa cela,
E esperam nova possibilidade
De verem esse mundo se acabar;
A Arca de Noé, o dirigível
Não voam nem se podem flutuar.

<br ze_ramalho/>Ê, vida de gado…
Povo marcado,
Povo feliz…

Entao pessoal, sera que nao vale a pena tentar fugir desta…

…VIDA DE GADO

Esse post foi publicado em CRÕNICAS DE UM IDOSO. Bookmark o link permanente.

4 respostas para VIDA DE GADO…

  1. Zelia Monçores de Sousa disse:

    É isso… Como diz meu sobrinho, teu filho PUCA…

  2. Ferrari disse:

    Seria redundância dizer que o designio de um semeador é semear? Conhecendo sua crença, conhecendo o poeta do cotidiano acho que não! Abraço. Ferrari.

  3. Maria Clara disse:

    Dos Chavistas – aos inconcebíveis norte-coreanos… quanto amor! … chegando a alegria de mais um fank nas comunidades no RJ. ….
    Seu texto é uma lente de aumento, dessa realidade preocupante, que é a falta de CONTEÚDO
    Pelo noticiário (também) fiquei sabendo que o Zé Ramalho está hospitalizado no RJ.( rápido e bom restabelicimento para ele!)
    Confesso nunca vi gado feliz… vi gado MARCADO e extremamente PASSIVO…
    Podemos questionar o objeto/conteúdo – de tanto amor e de tanta a alegria… não a legitimidade!
    … coincidentemente reli hoje uma crônica da Martha Medeiros cujo título é: A ELEGÂNCIA DO CONTEÚDO. … onde ela afirma que o contéudo está dentro das pessoas ou de algumas delas!
    … a propósito, Seu Jura, já te falei que voce é extremamente Elegante?
    Então, claro que VALE A PENA FUGIR DESSA VIDA DE GADO! VALE SIM! VALE MUITO A PENA!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s