SERÁ AINDA MELHOR…

Neste domingo ensolarado aqui em Curitiba, apesar da baixa temperatura local, me decidi deixar transbordar parte das experiências que o aposentado Analista de Sistemas colheu aqui no Lar dos Idosos, durante esses 4 anos e 8 meses de moradia e convivência.  Como já descrevi anteriormente, este Lar que abriga pouco mais de uma centena de idosos, conta com pessoal notável que se entrega a tarefa (em certos casos, missão) de cuidar de nós, suprindo-nos de todas nossas necessidades básicas e, principalmente… de atenção.

Bonito de ver funcionários de todos os níveis e visitantes correndo ao encontro de formas e procedimentos para proporcionar a cada um de nós, serenidade e bem estar.  Aparentemente não há motivos para queixas de nossa parte (idosos) em relação a essa corrida em nossa direção, em direção aos nossos anseios. Mas será que eles (nossos anseios) são plenamente conhecidos?

Tenho descoberto, em minhas “análises” leituras e observações pessoais que o idoso, institucionalizado ou não, carrega efetivamente incalculável bagagem de testemunhos de vida com ações e reações as mais diversas que os mais jovens (não idosos), invariavelmente, ignoram no desejo ou necessidade de cuidar, de assistir. Então se arvoram em orientadores, instrutores e conselheiros de inúmeras coisas que o “vô” está careca de saber o que é e no que vai dar.  Podem crer, é bastante constrangedor para nós receber tais orientações, instruções e conselhos.

As reações são as mais diversas como diversos são os princípios de comportamento de cada um desses idosos: uns se irritam ostensivamente e revelam uma face de “malcriados”; outros ignoram solenemente e exibem aparência de indiferentes; há os que debocham “na cara” do interlocutor e, não são poucos os que se infantilizam e deixam-se “mimar” pelos “cuidados”, com o fim de saciarem sua auto piedade. Já uns raros deixam passar em branco compreendendo a intenção daquela pessoa que o assiste.

Mesmo aquele idoso aparentemente dementado, guarda em seu subconsciente as verdades que recolheu durante o período em que a enfermidade ainda não o havia atingido e os comportamentos, exatamente iguais aos descritos acima, são tomados como agravamento de seu estado mental. Neste último caso não é raro que as pessoas em torno produzam “caras e bocas” que são imediatamente captadas e interpretadas por aquele ou outro idoso que esteja por perto. Estas pessoas, a partir daquele momento, passam a merecer um julgamento pouco favorável às suas intenções.

Então é isso. Pessoas que nas residências assistem seus parentes idosos; funcionários de instituições que os abrigam, sejam eles profissionais da cozinha, lavanderia, conservação e limpeza, terapeutas, gerentes, assistentes sociais e, principalmente, do abrangente núcleo da enfermagem (enfermeiros, técnicos, auxiliares e cuidadores); assim como instrutores, aprendizes, gestores e empregados em firmas de cuidadores de idosos, merecem nosso louvor.

Incluem-se ainda os membros de grupos institucionais que visitam os lares de idosos com a intenção de ouvi-los, assisti-los e doar-lhes momentos de distração.

Todos esses indivíduos acima mencionados têm, ainda que sem se aperceber, recebido a oportunidade de SERVIR AO PRÓXIMO como acreditamos que o Cristo Jesus nos exemplificou. E quando o próximo se trata de gente de idade avançada, como eu, acredita que cada um deles está dando o melhor de si para cumprir a tarefa.  Porém, se ao fazê-lo, tomarem conhecimento e levarem em consideração as observações escritas nesta crônica, posso lhes garantir que para todos, assistentes e assistidos, …

SERÁ AINDA MELHOR.

PIC_0414

Esse post foi publicado em CRÕNICAS DE UM IDOSO. Bookmark o link permanente.

2 respostas para SERÁ AINDA MELHOR…

  1. A.C.Ferrari disse:

    Tomara mesmo, “POSSA SER SEMPRE MELHOR”; para que todos os envolvidos neste processo possam ser mais felizes como profissionais cumpridores do que se propuseram fazer. A realização pessoal esta nisso…
    Réplica de MUDOU BASTANTE: Você sabe que para mim, fazer parte de sua historia é gratificante. Amizade e respeito são conquistas. Ressaltando…não vale tréplica…Abraço. Ferrari.

  2. Ana Carolina disse:

    Sr Jura!
    Mais uma vez nesse domingo tive o privilégio de trocar algumas palavras com você!
    E como sempre adorei! Apenar de poucos minutos juntos, através da janela aprendi muito!
    Obrigada e boa semana!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s