DIFERENÇAS …

Dezembro de 2013 começa hoje, domingo, em seu primeiro dia.  Em um domingo anterior, no dia dez de novembro último na crônica a que intitulei SABEDORIA, pude afirmar, abalizado em exposição do Dr. José Mário Tupiná nosso Supervisor Técnico, que aqui neste Lar de Idosos, nós os moradores “somos todos rigorosamente diferentes do outro.

Depois, levei para cama demorada reflexão nessa questão das DIFERENÇAS, para fora de nossos muros e nossa época. A obra do Criador se constitui de figurantes dos três reinos (mineral, vegetal e animal) totalmente diferentes. Semelhanças até são encontradas mas, igualdade absoluta nunca. Os elementos da Criação são todos maravilhosamente distintos.

Rochas que não se igualam variam no volume, textura, densidade, massa, rigidez e cor, se mesclam com vegetais que, além das variáveis acima, se diferenciam em suas funções orgânicas e têm aparências infinitamente diferenciadas até entre unidades de uma mesma espécie. E os animais estes então, embora agrupados em inúmeras denominações e classificações zootécnicas, não fogem a essa regra do pleno e total diferenciamento.

Dentre os animais existe o ser humano diferenciado dos demais como descrito na Biblia E mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis. Romanos 1:23”.  Mas o homem, como não podia deixar de ser, surge-nos diferentes uns dos outros não só em um ambiente como o nosso composto de idosos institucionalizados, mas também nos bairros, cidades, países, continentes enfim em todo o planeta.

Testes com o DNA e a utilização da datiloscopia (análise das impressões digitais), deixam claro que todos nos diferenciamos. O paradoxo é que o homem, embora se enxergando diferente, faz da luta pela igualdade sua bandeira maior, e a desfralda nos embates jurídicos a que se atira impetuosamente desejando sempre ter direitos iguais aos cidadãos que considera em melhores condições e situações do que éle se julga.

As vezes tentamos mudar a forma de ser de uma pessoa achando assim, que estamos lhe fazendo o bem mas esquecemos que se nos aproximamos desta pessoa é porque algo de diferente nela nos chamou atenção. Devemos aprender a conviver e respeitar as diferenças sabendo que nem sempre encontraremos pessoas parecidas como a gente e será nesse momento que devemos respeitar o modo de agir de pensar de alguém. Sabemos que nunca acharemos ninguém no mundo inteiro igual a nós… As vezes parecidos mas nunca iguais.

Na minha primeira aula de faculdade (PUC-RJ curso de Direito, depois Tecnólogo em Processamento de Dados) um professor de Sociologia me apresentou a realidade de que somos todos atores sociais. Temos sempre um papel a desempenhar: Um pai de família ao chegar ao trabalho passa a desempenhar o papel de motorista, médico, diretor ou funcionário de multinacional, professor ou o que quer que seja implícito em sua atividade de manutenção financeira.

Ao voltar para o lar já investido do papel de pai de família, passa pelo mercado onde atua no papel de consumidor, adquirindo algo que lhe foi solicitado por aquela que representa o de esposa e mãe de seus filhos. Há que se esmerar não só no seu papel como também contar e cooperar com outros atores que ali estarão sempre para dar e aguardar sua deixa nos atos representativos que os circundam.

Pois é, queremos e lutamos pelas igualdades para nós, todos nós, aqui nos bairros, cidades, países, continentes enfim em todo o planeta. Advogados faturam enquanto desempenham seu papel de defensor dos seus direitos. Se você, leitor, tem alguma dúvida do que lhe é de direito, procure um causídico.  Ele transformará o seu desejo ou problema em tal emaranhado que, acredite… você vai precisar de um advogado.

Aqui no ocidente onde o Cristianismo tem indiscutível predominância, a figura e as palavras do Cristo Jesus, retiradas dos depoimentos da Biblia, acabam recebendo muitas e diversas interpretações. Eu aprendi a gostar e praticar, para meus desejos e julgamentos, da frase “Dai pois a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus. Mateus 22:21

Não creio que nada é igual entre nós, humanos, muito menos os pensamentos mas, se esses últimos tornarem-se aparentemente iguais em busca de uma causa ou da felicidade, creiam-me: A felicidade não está na igualdade dos pensamentos, e sim na superação das …

DIFERENÇAS

Esse post foi publicado em CRÕNICAS DE UM IDOSO. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para DIFERENÇAS …

  1. A.C.Ferrari disse:

    Quando vi o tema da semana percebi que teria que fazer um mergulho perfeito tal o tema. Sou péssimo nas diferenças sou pecador incorrigível. Mas, desafiador respirei e meu subconsciente preparado no instinto de sobrevivência me reservou uma apneia para poder ir onde preciso ir. Fui longe além dos pulmões e do coração acho que saio mais rico ESPÍRITUALMENTE dessa experiência. Obrigado pela chamada que todos precisamos.Abraço. Ferrari.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s