ANTIMANICOMIAL …

Hoje é domingo 18 de maio. Existem palavras do nosso vernáculo que desconheço (inúmeras delas) apesar de meus setenta e sete anos de vida e intensas leituras. Aí então, como faço inúmeras vezes quando sinto-me carente de desabrochar um tema para a crônica dominical, recorri ao Google injetando-lhe a data corrente e deparei-me com este, para mim até aqui desconhecido vocábulo: ANTIMANICOMIAL

Vou contar para vocês como aconteceu. O Wikipédia dentro do Google me informou que “… o encontro dos trabalhadores da saúde mental em 1987 na cidade de Baurú – SP elegeu o dia 18 de maio como marco deste movimento que culminou com a criação do Dia Nacional da Luta ANTIMANICOMIAL …”.

Soube ainda que o movimento proposto se referia a um processo mais ou menos organizado de transformação dos Serviços Psiquiátricos, derivado de uma série de eventos políticos nacionais e internacionais. O termo ANTIMANICOMIAL costuma ser usado de modo generalizante e pouco preciso. Coisa de louco, né!

E como corolário dessas informações colhidas, fiquei sabendo que o processo decorrente deste movimento, nos deu a Reforma Psiquiátrica, definida pela Lei 10216 de 2001 (Lei Paulo Delgado) como diretriz de reformulação do modelo de Atenção à Saúde Mental, transferido o foco do tratamento que se concentrava na instituição hospitalar, para uma Rede de Atenção Psicossocial, estruturada em unidades de serviços comunitários e abertos.

Política pública de saúde mental é um processo político e social complexo, composto de participantes, instituições e forças de diferentes origens que acontece em diversos territórios. É um conjunto de transformações de práticas, saberes, valores culturais e sociais, no cotidiano da vida das instituições, dos serviços e das relações interpessoais que o processo da política avança, passando por tensões, conflitos e desafios.

Pois é meus jovens leitores, tudo isso em 1987, há vinte e quatro anos. E hoje? Parece que a luta ANTIMANICOMIAL acabou bem sucedida. Até por que falar de eventos políticos nacionais e internacionais e no cotidiano da vida das instituições, dos serviços e das relações interpessoais que o processo da política avança me deixa maluco o suficiente a ponto de não conseguir perceber quem não é insano.

Legisladores, Governantes, Administradores Públicos e Assessores mal, ou nunca, conseguem difundir seriedade e imparcialidade em seus atos decisórios. Resta-me confiar no Judiciário … Será? Quando assisto ou tomo conhecimento dos loucos embates de liminares, recorrências e embargos, sobre ações que deveriam ser ordinárias, consumindo tempo e verbas públicas e municiando uma imprensa desvairada em busca de loucas notícias para, doidamente computar pontos nas audiências.

Ao final de cada relato de ocorrência de atos de crimes e violência generalizada, ouve-se o locutor, apresentador ou repórter encerrar com um “ninguém foi preso”.

Aí, percebo que dos alienados que me governam, legislam e julgam, “ninguém vai para o manicômio” muito embora não têm como se desvencilharem de suas profundas e enraizadas ausências de conceito do certo. Uns sem noção! Ou será que sou eu quem está indevidamente fora do hospício, bem assim como vocês meus leitores.
Que demência e esta que nos assiste o tempo todo por não conseguir entender e concordar com:

• a política financeira do pais e estados;
• os programas assistenciais absurdos e castradores;
• os atrasos de obras de escolas, hospitais e recuperação de estradas;
• a integridade do projeto Minha Casa Minha Vida e tambêm com,
• os incríveis gastos com a Copa do Mundo em contraponto com tudo isto que nos pira.

antimanicomial

Sabe, gente. Talvez devêssemos estar internados em um manicômio… Ou será que o estamos sem nos apercebermos… Decididamente não! Em mais este 18 de maio, estamos protegidos por aquele movimento de 1987, também conhecido como LUTA

ANTIMANICOMIAL

Esse post foi publicado em CRÕNICAS DE UM IDOSO. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para ANTIMANICOMIAL …

  1. Tupiná disse:

    Muito bom. Parabéns.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s