PRESENTE…

Segunda feira, 20 de março de 2017. Manhã, 8 horas e eu aqui no meu lar de idosos, preparo-me para tomar o café quando o telefone toca. No celular, Pedro, meu filho, informa que minha neta Fernanda terminou sua cirurgia de forma tranquila. O procedimento cirúrgico de sua filha transcorreu de maneira segura, rápida e precisa, assegurou-lhe o cirurgião, à porta da sala de operações onde ele, PRESENTE, aguardava.

Fernanda, na realidade, vem residindo em Berlim em companhia do Paulo seu esposo, já há quase dois anos, porém está passando uma breve temporada de uns 30 dias aqui em nosso Brasil, para se fazer PRESENTE ao lado de sua tutora e vó materna, idosa em fase terminal de um mal degenerativo. A velha senhora acabou falecendo.

Ao iniciar a preparação de retorno à Alemanha, minha neta aproveitou o tempo para efetuar alguns exames já agendados e, um deles diagnosticou a necessidade de uma cirurgia típica e natural da feminilidade, com alguns riscos, de uma jovem de seus 27 anos de idade e, em acordo com o marido, decidiu realizá-la aqui mesmo.

Há exatos 19 dias, eu entrava em um centro cirúrgico para um procedimento típico e natural da senilidade deste autor, com alguns riscos e, lá fora estava PRESENTE… advinham? Pedro, este mesmo de quem estou falando.

Em ambos os casos, médicos, assistentes e enfermeiros reconheciam um cidadão sereno, atento, firme e isento das angústias e apreensões frequentemente observadas nas pessoas que aguardam, cheios de receios da possibilidade de resultados catastróficos. Este cidadão transbordante de confiança, fé e energia é meu filho, pai da Fernanda, da Eduarda, do Rafael, esposo da Cristiane e filho da Anna Maria.

Meu herói, “o cara”, tem sido, filho, pai, marido e costuma ser excelente amigo de quem sabe viver. No trabalho, transpira e inspira competência, honestidade e segurança e em qualquer instância ou meio, se for solicitado e acreditar na causa, dirá PRESENTE.

 Em maio quando o outono de 2014 se encerrava, publiquei meu último post aqui discorrendo sobre aquela estação. Agora 22 meses foram decorridos e ele, o outono, de novo se avizinha. Vocês não imaginam quantos acontecimentos me envolveram neste período e quanto aprendizado amealhei neste meu repositório do saber.

Uma das próteses de quadril (lado esquerdo) que eu ostentava foi retirada em decorrência do ataque de uma bactéria violenta, o que me retirou a mobilidade com as pernas. Cadeirante desde então, venho conhecendo novos experimentos e fui levado a reduzir algumas práticas.

No Lar dos Idosos passei a contar com a competência, dedicação, carinho e amizade de todos (funcionários, técnicos e gerentes) no processo de adaptações; meus familiares me abraçaram com o apoio moral e Pedro, sempre PRESENTE,  perpassando-me muito da sua firmeza e serenidade.

Incentivam-me a voltar à escrita desse blog. Vou tentar retirar mais alguma coisinha do repositório mencionado acima, nas próximas crônicas. Veremos o quanto vou conseguir estar de novo ….

PRESENTE

 

Esse post foi publicado em CRÕNICAS DE UM IDOSO. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para PRESENTE…

  1. Fernanda disse:

    Que bom que voltou =) linda a homenagem ao seu filho!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s