DIA DO TRABALHO…

Segunda feira, 01 de maio de 2017.  O DIA DO TRABALHO é comemorado em 01 de maio em diversos países do mundo, é o que nos notifica a Internet. E mais ainda…

Origem do Dia do Trabalho — Até meados do século XIX, os trabalhadores jamais pensaram em exigir seus direitos trabalhistas para seus patrões, apenas trabalhavam — Mas, a partir de 1886, aconteceu uma manifestação de trabalhadores nas ruas de Chicago, para reivindicar a redução da jornada de trabalho (de 13 horas para 8 horas diárias), e nesse mesmo dia teve início uma greve geral nos Estados Unidos. — Três anos após as manifestações nos Estados Unidos (20 de junho de 1889, precisamente), foi convocado em Paris uma manifestação anual para reivindicação das horas de trabalho e foi programada para o dia 1º de maio, como homenagem as lutas sindicais em Chicago.

Pois é minha gente, o morador de um Lar de Idosos que vos escreve, aos 80 anos — trabalhou muito até se aposentar – abraçou diversas e variadas profissões – participou de algumas manifestações trabalhistas – chegou a experimentar cadeia por estar envolvido em movimento grevista.  Com tudo isso, este idoso aprendeu ainda mais a observar o material humano no que se refere aos seus desejos e direitos… “para mim o melhor possível e os outros que se arranjem”…  A observação pertence a todo o elenco de atores sociais envolvidos. Empregados, empregadores e, principalmente governo, síndicos e legisladores. A Lei do Gerson (levar vantagem em tudo) imperando até o desespero.

Aqui no Brasil, o Governo com os legisladores trabalha intensa e severamente numa pretensa modernização das Leis Trabalhistas vigentes com u´a maior flexibilização na relação patrão empregado, com este oferecendo àquele maior gama de escolhas quanto à locais e horários na execução das tarefas enquanto, restringe consideravelmente a importância dos síndicos nessa relação, abolindo inclusive a obrigatoriedade da contribuição financeira sindical.

Será que isso funciona? O trabalho, que é realmente o que importa, sairá beneficiado assim?  Sei não mas, considerando as experiências e observações vividas e vivenciadas aqui pelo coroa, acredito que não é mau negócio.  Deve ser porquê estou morando aqui no Lar por escolha própria e isso me faz acreditar que quando o indivíduo é instado a proceder sob suas próprias escolhas tende a viver melhor e, consequentemente produzir resultados mais satisfatórios.

Querem ver só?  Não vou falar de emprego e sim de trabalho, que é o que realmente importa. O pessoal que trabalha aqui, já a um certo tempo, cuida e trata com desvelo de nós moradores, não recebem altos salários e por inúmeras vezes enfrentam os maus humores de idosos, vítimas de suas próprias dores e dementações.  Poderiam e podem, tranquilamente, buscar empregos mais rentáveis e bem mais tranquilos, mas, gostam do que fazem e permanecem entre nós por sua própria escolha, sei lá! Gostam de sentir-se úteis, afeiçoam-se aos moradores, importam-se com seus males e ansiedades e jamais esquecem ou relaxam de seus medicamentos e necessidades. Fazem um ótimo trabalho.

Minhas amigas, eu lhes sou imensamente grato pela escolha que fizeram, a escolha de produzir estes exemplos para seus filhos, filhas, familiares e amigos(as). Parabéns por este e cada um dos próximos…

DIA DO TRABALHO… (Carpe Diem)

Esse post foi publicado em CRÕNICAS DE UM IDOSO. Bookmark o link permanente.

2 respostas para DIA DO TRABALHO…

  1. Zelia Monçores disse:

    Se para de escrever, vou aí te dar uns cascudos!!!! Vibro a cada uma publicação!!! Penso logo em Seu Geraldo, lendo seus posts…. E nas risadinhas que ele ia dar…..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s