DIA DA VITÓRIA…

Segunda feira, 8 de maio de 2017. Em 1945, eu tinha apenas oito anos de idade e, nesse mesmo dia celebrou-se o fim da Segunda Guerra Mundial, na Europa com a derrota da Alemanha Nazista, frente aos Aliados, por isto chamado também o DIA DA VITÓRIA.  Sem Internet na época o menino que era eu, recebeu a informação ouvindo na Rádio Nacional os contínuos clamores do Repórter Esso – “Porta Voz Ocular Dos Acontecimentos” – na voz do locutor Heron Domingues.  Só para vocês fazerem ideia do impactual, disso, eu subtraí um trecho do Wikipedia com um relato do famoso Locutor:

Sobre o Repórter Esso, Heron relatou:

“Trabalhei no Repórter Esso de 1944 a 1962, sem um dia de folga. Levantava-me às 6h45min e voltava para casa à 1h30min da madrugada. Nos períodos críticos, dormia na rádio, que tinha uma cama na redação. Para se ter uma ideia da época conturbada em que vivíamos, no período em que fui locutor do Esso, houve no Brasil dez presidentes da república. Durante a guerra, dormia na Rádio Nacional com um fone no ouvido, diretamente ligado a UPI. Sempre que havia uma notícia importante, eles me despertavam, eu mesmo colocava a emissora no ar e transmitia a notícia. Para o fim da guerra, preparamos uma audição especial do Repórter Esso, em que a notícia seria dada fundida com o repicar de sinos. Com medo de me emocionar muito diante do microfone, gravei o início da transmissão: “Atenção! Atenção! Acabou a guerra”.[3] 

E o menino de nove anos, curioso, se entusiasmava como se realmente entendesse tudo que estava acontecendo. Atento, observava a reação dos adultos todos muito felizes com o final da guerra. A notícia chegou providencialmente para nós do clã da família Monçores, uma vez que poucas semanas antes havíamos tido conhecimento que um de nossos membros, o Sargento da FEB (Força Expedicionária Brasileira) Jorge Monçores, meu primo, havia tombado nos campos da Itália durante a memorável Batalha de Monte Castello .

Hoje, 72 anos depois,  o menino que testemunhou aquele DIA DA VITÓRIA, de forma tão entusiasta,  percebe quanto efêmera foi aquela conquista – ela  não trouxe solução de continuidade aos conflitos humanos — nós somos terríveis e vivemos constantemente à  cata de encrencas.  Um desfile interminável de guerras e conflitos civis, se sucedeu desde aquela época. — Guerra da Coréia – no Laos – Camboja — Vietnã – Oriente Médio – Ilhas Malvinas e por aí afora. Agora mesmo o Grupo Terrorista Estado Islâmico choca o mundo com crimes bárbaros.

Então, daqui de dentro do Lar de Idosos onde moro, me encolho e assisto pela TV as autênticas guerrilhas urbanas daqui mesmo do Brasil, —  assaltos cinematográficos as Agências Bancárias e Carros Fortes das transportadoras de valores – disputam espaços na mídia com ladrões e assaltantes de bairro e com a narração de imagens ao som de tiroteios entre facções criminosas em disputa por áreas de domínio.  Pasmo, ainda assisto vídeos de torcedores de times futebolísticos, comparecendo a encontros programados na rede social, para a troca de sopapos, pauladas e pedradas a troco de … nada.

Quem não está a procura de emoções produzidas pelo mal, está “por fora” e aí procura a saída confiando na Providência Divina.  Afinal, vencer este estado de coisas, nas alturas em que as deixamos se estabelecer… só mesmo com a ajuda de Deus, e, segundo os escritos gerados pela Sua Vontade, o negócio é se envolver com o bem, somente com o bem, e acreditar que o Criador, no seu devido tempo conduzirá, cada um de nós ao…

DIA DA VITÓRIA..

Esse post foi publicado em CRÕNICAS DE UM IDOSO. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para DIA DA VITÓRIA…

  1. Que bem escrito mano Jura!!! Quanta vivência!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s