LEMBRANÇAS…

Domingo, 19 de novembro de 2017 – Aqui estou no mesmo pátio onde, outra vez, venho pela manhã para me sentir abraçado pela natureza e  por LEMBRANÇAS estocadas durante minhas 8 décadas de existência. Semana passada em minha crônica dominical, recuei dez anos e fui buscar e escrever Mariza, vocês lembram.

No sábado anterior, enquanto prestigiava a costumeira visita do filhão, Pedro, eis que me deparo com Roseli Bassi. A dama nos honrou com sua presença.    Tiramos e trocamos fotos e fui convidado, eu diria intimado, para sentar à sombra de árvores na companhia do grupo de os mais recentes seguidores da Capital, de seu excelente  legado, o Instituto História Viva em nova visita a nosso Lar de Idosos Recanto Tarumã.WIN_20171111_14_58_46_ProNós três ali e … tome LEMBRANÇAS da cadeia de convites ocorrida há pouco mais de 3 anos — precisamente em julho de 2014 -–  a TV Brasil, em São Paulo convidou Roseli, para se apresentar no programa “+Direitos+Humanos” da emissora, sob a égide da TVT (Tv do Trabalhadores).  Roseli me convidou e, eu como poderia levar  um acompanhante, claro, convidei o Pedro e lá fomos os três.

Na ocasião eu era dono de minha mobilidade ainda e, assim pai e filho curtiram a oportunidade de conhecer os preparativos e bastidores, além de participar de um programa desses. Roseli, super habituada a tais efemérides, orientou-nos e nos pôs   à vontade, acompanhando-nos desde o vôo de Curitiba à Paulicéia.

WP_20140603_008Bastante interessante a experiência. Roseli, eu e mais dois componentes do Instituto, sentamos em bancos altos de onde depúnhamos a experiência de fazer valer à idosos o direito de ver transformadas suas LEMBRANÇAS de vida, em  histórias infantis. À nossa frente, integrantes de uma ONG que defende e protege vítimas de abuso e exploração de meninas, no porto de Manaus e regiões ribeirinhas da Amazônia. Tudo isto em prol de “+Direitos+Humanos“.

Por falar em direitos humanos, amanhã (20/11) é feriado em inúmeras cidades da quase totalidade dos estados brasileiros, Trata-se do Dia da Consciência Negra, Segundo descrição colhida no Wikipédia, o objetivo é fazer “uma reflexão sobre a importância do povo e da cultura africana, assim como o impacto que tiveram no desenvolvimento da identidade da cultura brasileira”.

Sei lá. Eu tenho respeito e afeto por um considerável número de pessoas, onde se incluem muitos com a “pele queimada”. Não consigo estabelecer diferenciais que possam importar muito em nossas relações. Talvez seja produto da minha crença fortemente tendenciosa ao espiritualismo, afinal períspirito é incolor, ao que eu saiba. Afinal:

Não importa quantas bobagens racistas ouçamos por aí, faz parte do espírito humano se espalhar por todos os locais habitáveis e se misturar às populações presentes nessas novas fronteiras. Somos todos, por definição, miscigenados. Somos todos vira-latas – não existe raça pura. E nos tornamos mais fortes como espécie por causa disso.

Chego ao fim dessa crônica ressaltando que eu e meus companheiros aqui do Lar, temos à nossa disposição o direito de, toda noite, levar para a cama, curtir e gozar nossas melhores…

LEMBRANÇAS.

Esse post foi publicado em CRÕNICAS DE UM IDOSO. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para LEMBRANÇAS…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s