SIT DOW…

Domingo, 17 dezembro de 2017 – Termino o café e venho para o para o pátio e, o que encontro? – Nada mais que o esplendor de um dia de primavera já em declínio, porque o verão se aproxima… inexoravelmente, pedindo passagem da mesma forma que as Escolas de Samba do Rio: “O GRÊMIO RECREATIVO E ESCOLA DE SAMBA DA PORTELA, SAÚDA O POVO E PEDE PASSAGEM”

Mas, além da Primavera, um ano (2017) chega ao fim e isto estabelece tempos de retrospectivas. No fim do ano passado, por essa época, Jocélia Pires, sua lugar-tenente, Arlete e eu, atendendo a carinhoso convite, fomos assistir a um show de Stand Up numa casa famosa, aqui em Curitiba… A publicidade está aí estampada em minha camiseta, presenteada pelos organizadores. Olha só!

WIN_20171216_09_32_45_ProA Jocélia, para quem ainda não sabe, é nossa Assistente Social, aqui no Lar que tanto prezo. Sua companhia foi um ato da sua responsabilidade profissional, afinal, é imperioso zelar pelo pudor de um jovem e inexperiente idoso à mercê de palavras, com teores e sentidos ambíguos, talvez até voltadas à subversão dos valores morais… Vai saber .. Mas, lá estaria ela para me proteger.

Os comediantes atuam, naturalmente, de pé (Stand Up), dialogando entre si e com os espectadores – geralmente casais bebericando seu Whisky – enquanto produzem sorrisos e gargalhadas pelas tiradas de humor envolto em frases de sentido dúbio e alguns “palavrões” dissimulados ou as claras – afinal, quem resiste o tempo todo sem o desejo de soltar uns impropérios? Ali, é o lugar de ouvi-los e rir.

Gostei do negócio, faz bem o meu gênero. Quando lecionei, há um bom tempo atrás – principalmente em cursinhos pré – intentava ao máximo interagir com as turmas, “tabelando” as informações e conhecimentos enquanto, me dispunha a fazer-me de engraçadinho e carismático… Até funcionava, ninguém reclamava!

Estive durante muito tempo pensando se também poderia comer a fruta daqueles comediantes, digerir e produzir os mesmos “resultados” por aqui mesmo com meu “público”. – Esbarrei logo no primeiro fato inequívoco, Stand Up é como tornou-se conhecido o barato, com os atores atuando de pé, já o cadeirante aqui só funciona se estiver sentado. – Se eu viesse a fazer esse tipo apresentação ela forçosamente viria a se chamar: SIT DOW,  e não Stand Up, vocês hão de concordar.

Agora, neste final de ano, fui convidado, junto com outros 5 colegas, Patrícia a bela psicoterapeuta do Lar e mais duas queridas atuantes do Instituto História Viva, do qual já lhes falei, para visitar a Escola Municipal Maria Antônia, nossa vizinha e lá me propuseram fazer uma apresentação e contação de história para alunos e alunas da terceira série do ensino fundamental.

PIC_0667Foi lindo, Patrícia filmou tudo e eu, depois de assistir o vídeo no Facebook me colhi    babando com a minha performance. Gente, sinceramente, depois de toda essa idade, ter a oportunidade de fazer tudo aquilo com a desenvoltura e serenidade de  quase profissional, me fez desejar aplaudir de pé o meu Criador pela dotação concedida ao seu filho. Estou certo que Êle me faria imediatamente sentar, com Sua voz doce e ao mesmo tempo enérgica… OLD MAN, PLEASE

SIT DOW.

Imagem do vídeo referido clique : De volta a escola.

Esse post foi publicado em CRÕNICAS DE UM IDOSO. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para SIT DOW…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s