SINTO-ME TESTEMUNHA…

Quinta-feira, 06 de fevereiro de 2020. Moro aqui em um Lar de Idosos modelo,  no sul do Brasil, nos últimos 11 dos meus 83 anos de existência. Isto aqui — embora não seja uma instituição hospitalar — conta com considerável elenco do pessoal de enfermagem, com quem contamos para suprir as necessidades de atendimento e assistência aos senhores de avançada idade.

Isto por quê, segundo definição encontrada na Internet: “A enfermagem é uma ciência cujo objetivo é a implantação do tratamento de doenças e o cuidado ao ser humano, individualmente, na família ou em comunidade de modo integral e holístico.Wikipédia. 

Foi aí  então, que tropecei com um texto postado no Facebook esta manhã e, ao lê-lo me dispus a declinar meu testemunho à veracidade do seu conteúdo, até por conhecer bem a autora, cujo nome prefiro omitir, em proteção à sua individualidade.

NETY“Você sabia que o TÉCNICO EM ENFERMAGEM para ter um salário digno precisa trabalhar em dois empregos, 12h por dia, de segunda a segunda, tendo apenas 1 ou 2 dias de folga no mês, e que não será necessariamente no fim de semana? Você sabia que ele vai te dar banho, trocar seus curativos, fazer sua medicação, trocar e te limpar quando você fizer suas necessidades, vai monitorar seus sinais vitais, passar hidratante na sua pele para evitar que abram feridas, vai te posicionar confortavelmente na cama, vai te dar água, comida, limpar sua boca, ouvir suas reclamações de dor,, avisar ao médico caso você esteja piorando.
Você sabia que o ENFERMEIRO, que ganha só um pouco mais que o técnico e que também se dedicou anos para ter um curso superior vai estudar a vida inteira para melhorar o cuidado prestado, vai fazer procedimentos complexos, vai planejar tudo, desde sua chegada até sua alta em um hospital, vai cuidar de suas famílias nos postos de saúde, vai monitorar todas as atividades dos técnicos, vai passar o dia marcando seus exames, conversando com seus familiares, muitas vezes vai ser agredido por pessoas que estão em sofrimento, vai entrar para ajudar o técnico a te limpar por falta de profissionais, vai ver pessoas morrendo em sofrimento extremo, vai fazer de tudo para que você não tenha uma infecção hospitalar (que mata!), vai verificar os materiais, o oxigênio e tudo mais para que não falte nada a você (e improvisar quando faltar), vai garantir que após a morte seu corpo seja tratado com dignidade e que seja recolhido seguramente pela funerária. Você sabia que quando sua família não leva para você shampoo, sabonete e outras coisas são esses profissionais que fazem vaquinha para te deixar limpo e cheiroso, são esses profissionais que estão com você desde o nascimento até a morte?
E você fica ouvindo dizer que são os médicos cubanos que são escravizados, enquanto existe uma categoria inteira de profissionais escravizadas há anos, que há anos luta por melhores condições de trabalho e reconhecimento da sociedade…
Então parem e percebam que a escravidão não está só em Cuba e sim bem diante dos seus olhos, a ENFERMAGEM é refém de conselhos e governos e ninguém se incomoda! E temos família,trocamos nosso Natal e ano Novo e qualquer outro feriado pra cuidar de sua vida ,seus familiares .Merecemos o mundo,somos seres humanos mais respeito !!”

É por saber e conhecer in loco a ação destes(as) profissionais  que…

SINTO-ME TESTEMUNHA

Esse post foi publicado em CRÕNICAS DE UM IDOSO. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s