SINTO VIÁVEL..

Quarta-feira, 25 de março de 2020. Devido as reformas em curso no refeitório da Ala 1 (a que abriga moradores totalmente dependentes) nossa Casa está enfrentando diariamente problemas motivados com a transposição de tais moradores — na maioria absoluta cadeirantes — de sua Ala para fazer as quatro refeições do dia no refeitório principal.

A reforma ainda se estenderá por mais uma ou duas semanas – até a Páscoa – e, enquanto não for concluída, esse movimento diário de ida e volta, mexe com toda a estrutura de horários e atendimentos de todos os moradores e funcionários… Então me atrevo a sugerir uma “CONVOCAÇÃO GERAL”, para que essas tarefas possam reduzir o “estresse” que vem se apossando de toda Instituição.

CONVOCAÇÃO GERAL

a) Alguns dos moradores da classe “independentes”, decidiriam seguir o exemplo de um ou dois deles e se prestariam a colaborar, de forma totalmente voluntária e desprendida, na locomoção – ida e volta – daqueles idosos.

b) O pessoal de enfermagem, dividido em três grupos agiriam: o primeiro preparando cada um dos dependentes, em suas cadeiras para o traslado;  o segundo, no refeitório para recebê-los e alojá-los em seus lugares nas mesas e os remanescentes estariam também conduzindo os dependentes.

c) São eles (os dependentes) cerca de poucas dezenas e os voluntários independentes rapidamente os conduziria.

d) Que fique claro e explícito, que esse trabalho não daria direitos aos “voluntários”, de tocar e assediar as meninas e senhoras da enfermagem, em recompensa pela ajuda.

e) Uma vez que se trata de uma solicitação de voluntariado, os moradores “independentes” poderão optar em não fazê-lo e manterem-se em seus quartos, camas ou mesmo sentado em bancos do refeitório, somente apreciando o trabalho de todo o pessoal, enquanto aguardam sua vez de serem servidos.

f) finalmente, caberia a enfermeira de plantão, após receber a oferta de tais cidadãos, programar e coordenar toda a operação. Sinto que não haverá dificuldades em fazer funcionar este “protocolo” dada a boa vontade das pessoas envolvidas.

Se a Assistência Social da Casa, concordar, posso produzir cópias impressas deste texto para que sejam afixadas em corredores das alas dois e três e nas portas da cozinha, lavanderia, recepção, serviço social, sala de jogos, sala da enfermagem e consultório médico, lugares mais procurados e visitados pelos pretensos voluntários.

Jurandyr Mendes Monçores – SeuJura do Recanto.

Esse post foi publicado em CRÕNICAS DE UM IDOSO. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s