NÃO RESISTIU…

Sexta-feira, 24 de julho de 2020. Esta crônica me serviu para falar de um ex-companheiro nosso que falaceu ao fim de julho de 2017. Relendo-a não resisti e decidi reblogar hoje.

Espaço de Jurandyr

Domingo, 30 de julho de 2017, Os jornais televisivos têm a incrível missão de fazer da notícia – qualquer que seja – parte de um show de atrações para nós cidadãos mais desavisados. Nos informes sobre a violência urbana, que infelizmente vêm povoando, de forma incontrolável, o nosso dia a dia insistem no clichê de que não se deve resistir aos assaltos, pois o risco de pagar com a vida é enorme.

Ainda assim há os que resistem. — No decorrer desta nossa última semana mãe e filha (93 e 73 anos respectivos), em interior de cidade paulista, ao dirigirem-se para embarcar em seu automóvel, foram surpreendidas por assaltante. — Mamãe apoiada em uma bengala que a sustentava, ignorou as recomendações dos jornais e baixou a porrada, cobrindo de bengaladas o meliante. — Não houve perda de vidas, mas, o carro dançou!

Mais na maioria dos casos onde há resistência…

Ver o post original 340 mais palavras

Esse post foi publicado em CRÕNICAS DE UM IDOSO. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s