ISOLADO & DESOLADO…

Terça-feira, 22 de setembro de 2020. Dia seguinte ao do 99º aniversário da Instituição SOCORRO AOS NECESSITADOS, mantenedora desse nosso LAR DE IDOSOS. Além disso, hoje fazem exatos doze anos que transpus seus portões, para aqui morar e conhecer uma das mais importantes e magnificentes experiências da minha existência no planeta…

VELHA GUARDA

Aqui, eu desconfio ter  conhecido muito de mim mesmo, observando reações e realizações de outras muitas pessoas…, isto, nos momentos mais derradeiros desta minha vida. Nessa  dúzia de anos, senti ter atropelado e ao mesmo tempo ser colhido pelos atos e emoções de dois tipos de gente: a que mora aqui, como eu e àquela outra gente  que nos serve, protege e assiste.

VERDADEIROS IDOSOS…

Nestes sete últimos dias decorridos, estive mantido em uma espécie de isolamento protocolar, provocado pela cautela da equipe médica e de enfermagem da Casa. Em um local delimitado mantive-me sem usar este inseparável computador e, por livre escolha, sem assistir programas de TV ou mesmo praticar leituras divertidas ou edificantes.

Em total silêncio e quietude fui durante todo o tempo assistido por profissionais devotados e eficientes que se revezavam em seus turnos e funções, demonstrando um inegável senso de importação de si mesmos… Material humano precioso que se atira à lida de um trabalho intenso e estafante e nos intervalos acaba revelando um pouco, ou as vezes muito, de certo desapontamento.

Eu já, já explico estas minhas observações: O meu local de isolamento, estava situado bem próximo das salas onde todas essas pessoas concluem ou iniciam seus turnos de serviços e intervalos de refeições. Como é naturalíssimo e creio até necessário, são horas em que a inspiração e a expiração da gente se verbaliza e põe pra fora suas dúvidas, suas certezas e incertezas (quem não?).

Aí eu exponho meus conhecimentos de pisicólogo de araque, e deduzo que essa minha gente maravilhosa que trabalha na saúde ou entorno,  carrega um grito no peito que diz: “…eu sou f… no que faço para os outros durante essa crise doida e afinal, quem cuida de mim e dos meus?…”.

E mais ainda, começo a acreditar que médicos peritos do INSS, PMs flagrados violentos e assassinos, bem como representantes públicos e políticos de nossa sociedade civil, talvez se desculpem de seus excessos e descasos da mesma forma!

Sei lá, eu acho que estou especulando de mais.. É que alí no meu silêncio compulsivo eu estive me sentindo…

...ISOLADO & DESOLADO.

Esse post foi publicado em CRÕNICAS DE UM IDOSO. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s